IOL Diário – Primeira morte matrimonial entre gays em Espanha

Publicado: 15 abril, 2009 em Uncategorized

Registou-se esta semana o primeiro caso de violência doméstica entre um casal homossexual, tendo resultado na morte violenta de um dos homens e no suicídio do outro, em Adra, no sul de Andaluzia, segundo informação do site Univision. Fontes locais disseram, esta quarta-feira, que a vítima, um espanhol de 34 anos, foi apunhalado no pescoço pelo seu marido, de origem marroquina, do qual se encontrava separado há dois meses. O alegado assassino acabou por se suicidar. Trata-se do primeiro caso revelado oficialmente em Espanha, de violência doméstica entre um casal homossexual, após a entrada em vigor da lei que autoriza o casamento entre pessoas do mesmo sexo, em 2005. A violência «infelizmente é o pão-nosso de cada dia em muitos casais de gays e lésbicas», lamenta a associação de defesa dos direitos dos homossexuais «Colegas». Numa tentativa de reduzir o número de mortes, resultantes de casos de violência doméstica, o governo socialista espanhol tomou algumas medidas, mas sem sucesso nos resultados. Em 2004 o executivo espanhol adoptou uma lei, pioneira na Europa, contra a violência doméstica, para protecção das mulheres, vítimas destes casos. A associação «Colegas» lamenta que os casais homossexuais não estejam igualmente protegidos por esta lei, exigindo que as vítimas homossexuais sejam tratadas da mesma maneira. Fonte:http://diario.iol.pt/internacional/casal-morte-violencia-gay-espanha-tvi24/1057043-4073.html

Posted via web from Roberto Warken,♂♂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s