DICIONÁRIO DA INTERNET

Publicado: 6 novembro, 2008 em Uncategorized

DICIONÁRIO DA INTERNET

ADSL

– Abreviatura de Asymmetric Digital Subscriber Line, ou "linha digital assimétrica para assinantes". Método de transferência de dados por linhas comuns de telefone, muito mais rápido que uma conexão discada normal. É chamado de assimétrico porque a velocidade de upload é menor que a de download.

Autenticação

– Medida de segurança para checar a identidade de um usuário, geralmente usando nomes de usuário e senhas.

Backbone

– "Espinha dorsal", em inglês. Redes de dados de alta velocidade que servem de pontos de acesso para outras redes se conectarem.

Bandwidth, ou "largura de banda"

– Quantidade de dados que se consegue transferir através de um link de rede em determinado tempo. É geralmente medida em bps (bits por segundo).

Banner

– "Bandeira", em inglês. Propaganda exibida em páginas da Web. Geralmente retângulos na parte superior ou inferior das páginas, mas podem aparecer também outros formatos.

Bate-papo

– O mesmo que chat. "Conversa" em tempo real pela internet. Os participantes se reúnem em "salas" ou "canais", geralmente agrupados por interesse, faixa etária, lugar em que moram etc., e digitam frases.

Bcc

– Abreviatura de blind carbon copy, ou "cópia carbono oculta" (Cco, nos programas em português). Preencha esse campo nos cabeçalhos de mensagens de correio eletrônico, quando quiser que alguém receba uma cópia da mensagem que você está enviando sem que os outros destinatários vejam que a pessoa está incluída.

Bit

– A menor unidade de dados em computação. Abreviatura de binary digit. Um bit pode ser representado por um "0" ou um "1".

Blog

– Tipo de site em que o conteúdo está organizado em entradas (chamadas de posts) ordenadas cronologicamente, com o post mais recente no alto. Também usa-se "weblog".

Bookmark

– Função dos programas de navegação (ver browser) que permite que você salve o endereço de um site, para voltar a ele quando quiser.

Browser

– Termo inglês para "navegador" ou "programa de navegação" (Firefox, Internet Explorer e outros).

Byte

– Uma combinação de oito bits que representa um valor de 0 a 255.

Cable modem, ou modem de cabo

– Aparelho que permite conectar um computador à internet através do mesmo cabo utilizado pela TV a cabo. Bem mais veloz que linhas telefônicas.

Cache

– No computador, área da memória onde o programa de navegação grava cópias de páginas visitadas. Quando você volta a uma página salva no cache, o programa exibe aquela cópia como forma de acelerar a navegação.

Cc

– Abreviatura de "cópia carbono". Preencha esse campo nos cabeçalhos de mensagens de correio eletrônico, quando quiser que alguém receba uma cópia da mensagem que você está enviando.

Chat

– Ver bate-papo.

Cookie

– Informação que um site envia ao seu computador como forma de reconhecê-lo durante a navegação. Pode ser uma senha, as compras que estão no seu "carrinho" virtual, suas preferências etc.

CPU

– Abreviatura de Central Processing Unit, ou "unidade central de processamento". O principal chip do seu computador, que controla operações essenciais ao seu funcionamento.

Cracker

– Pessoa que viola a segurança de programas, redes e computadores alheios com fins maliciosos como roubar, alterar ou destruir informação.

Criptografia

– Programas de criptografia embaralham o conteúdo de uma mensagem antes de enviá-la, para que somente o destinatário possa lê-la –para isso, ele precisa ter o mesmo programa de criptografia. Servidores seguros de lojas e bancos (que podem ser identificados por um cadeado ou chave que aparece na parte inferior do programa de navegação) também usam criptografia para proteger os dados enviados.

Cyberspace ou ciberespaço

– Termo criado pelo escritor William Gibson em seu romance Neuromancer e hoje usado para se referir ao "espaço" abstrato construído pelas redes de computadores.

Domínio, ou nome de domínio

– Um endereço de Web no Brasil tem normalmente esta estrutura: www.nomedosite.com.br, onde www é a sigla de World Wide Web, que se usa por convenção, mas que não é obrigatória. Após o nome do site, vêm os sufixos que designam o tipo de organização (.com para "comercial",.edu para "educacional",.gov para "governamental",.org para "organização sem fins lucrativos",.mil para "militar") e o país (.br para "Brasil",.ar para "Argentina",.fr para "França", e assim por diante). Nos endereços dos Estados Unidos, a sigla do país não é usada, pois no princípio só havia endereços de internet lá, e não se julgou necessária essa distinção (veja uma lista dos domínios de países no endereço http://www.iana.org/domains/root/cctld/). Os nomes de sites são chamados de "nomes de domínio" (domain names). Os sufixos de três letras.com,.net,.org,.edu,.int,.mil e.gov são chamados de "domínios de primeiro nível", e os sufixos de duas letras que designam o país (como.br, por exemplo) são chamados de "domínios de países".

Download

– Transferir arquivos de um computador para outro. Se você está copiando um arquivo de um computador remoto, o procedimento é chamado de download. Se você está enviando um arquivo para um computador remoto, o procedimento é chamado de upload. No Brasil, as pessoas costumam se referir a essas operações como "baixar arquivos" (download) e "subir arquivos" (upload).

DNS

– Um sistema de banco de dados que traduz um endereço IP (ver verbete) para um domínio. O endereço IP é numérico (exemplo: 200.221.3.135), e o domínio é um nome (exemplo: www.folha.com.br).

Endereço

– Também chamado de URL (ver verbete). Identificação necessária para alcançar um site (exemplo: http://www.folha.com.br/) ou enviar mensagem (e-mail) para um usuário (exemplo: miguel@ folha.com.br) na internet.

E-mail

– Abreviatura de electronic mail, ou "correio eletrônico".

FAQ

– Abreviatura de Frequently Asked Questions, ou "perguntas mais freqüentes". Arquivos de informação que são mantidos por muitos sites, com respostas às dúvidas mais comuns dos usuários.

Feed

– Recurso de alguns sites que, aliado a um software específico, permite alertar os visitantes quando há conteúdo novo. Também conhecido como feed RSS.

FTP

– Abreviatura de File Transfer Protocol, ou "protocolo de transferência de arquivos". Com um programa de FTP, você se conecta a um site e recebe (ver download) ou envia (ver upload) arquivos.

GIF

– Abreviatura de Graphics Interchange Format, ou "formato para troca de imagens". Um dos formatos de imagens muito usados na World Wide Web (ver JPEG).

Grupos de discussão

– Os grupos de discussão na internet (newsgroups) compreendem milhares de assuntos e são mais antigos que a Web. As mensagens podem ser lidas diretamente no programa de correio eletrônico.

Hacker

– Pessoa que gosta de explorar e aprender os detalhes de funcionamento de programas, computadores e redes como forma de remover limitações ou criar possibilidades de uso não previstas originalmente.

Hipertexto

– Texto que inclui links para outras páginas na Web. Através dos links, você pode "saltar" facilmente de uma página para outra.

Hit

– Requisição feita por um programa de navegação a um servidor na internet. Cada documento de texto, imagem, arquivo de som ou qualquer outro arquivo conta como hit numa página da Web. O hit era usado como medida de audiência, mas foi abandonado em favor do page view (ver verbete).

HTTP

– Abreviatura de Hyper Text Transfer Protocol, ou "protocolo de transferência de hipertexto". É o conjunto de regras de comunicação entre computadores que faz funcionar a World Wide Web.

Home page

– A página de abertura de um site na internet.

Host

– O servidor que hospeda um site na World Wide Web.

HTML

– Abreviatura de HyperText Mark-up Language, ou "linguagem de marcação de hipertexto". O código usado para criar documentos de hipertexto na World Wide Web.

Internet

– Rede que liga computadores no mundo inteiro. Foi criada em 1969 como um projeto militar e usada durante anos para comunicação entre universidades e institutos de pesquisa. Começou a ser explorada comercialmente no início dos anos 90.

IP

– Abreviatura de Internet Protocol, ou "protocolo da internet". As regras que permitem que a internet funcione e que os computadores se comuniquem.

Java

– Linguagem de programação independente de plataforma, criada pela Sun Microsystems. Com o Java, é possível criar pequenos programas que são carregados junto com páginas da Web, trazendo animações, efeitos sonoros, games etc.

JPEG

– Um dos formatos de compressão de imagem usados na internet (ver GIF). É mais adequado para fotos.

Kilobyte ou KB

– Unidade equivalente a 1024 bytes (ver byte).

Kbps

– Kilobits por segundo. Medida de velocidade de transmissão de dados. Por exemplo: um modem de 56 Kbps transfere dados numa velocidade de até 56 kilobits por segundo.

Linha dedicada

– Tipo de linha de comunicação especial que permite ter uma conexão permanente com a internet.

Link

– "Ligação", em inglês. Texto ou imagem que, num documento de hipertexto, leva a outros documentos e sites. Geralmente, o texto com link vem destacado do resto do texto da página.

Lista de discussão

– Grupo de discussão por e-mail. Um programa servidor de listas mantém uma lista de todos os assinantes. Quando um e-mail é enviado para o endereço da lista, todos os assinantes o recebem.

Login

– Entrar numa rede de computadores. Também pode se referir ao nome do usuário em determinado sistema.

MP3

– Abreviação de MPEG-1 audio layer 3. Formato que revolucionou a distribuição de música pela internet, por dois motivos: reduz muito o tamanho de arquivos de áudio, com pouca perda de qualidade, e é aberto, ou seja, pode ser usado livremente (não é de propriedade de nenhuma empresa). MPEG é a abreviatura de Moving Pictures Expert Group, organização que desenvolveu o formato.

Navegador

– Ver browser.

Navegar

– Percorrer páginas na World Wide Web, indo de um link a outro.

Off-line

– Desconectado da internet.

On-line

– Conectado à internet.

Page view

– Página vista, em inglês. É uma medida usada para acompanhar a visitação de um site.

Permalink

– Endereço Web de cada um dos posts de um blog. O termo vem de permanent link ("link permanente").

Podcast

– Publicação de arquivos de áudio que podem ser transferidos e ouvidos no computador ou num tocador de MP3 portátil. A palavra é uma referência ao iPod, player portátil da Apple, e à palavra broadcast (transmissão de conteúdo).

Portal

– Site que pretende ser uma experiência completa para o usuário, oferecendo vários tipos de conteúdo e serviços. O UOL e o Terra são exemplos de portais.

Portal vertical

– Portal com foco num só assunto. Por exemplo: carros, gastronomia, música etc.

Programa de navegação

Ver browser.

Protocolo

– Conjunto de regras que descrevem o comportamento necessário para que um computador "entenda" outro dentro de determinada rede ou sistema.

Provedor de acesso

– Empresa que fornece serviços de conexão à internet.

Senha

– Palavra secreta que serve como confirmação da identidade de determinado usuário.

Servidor

– Computador que tem ligação permanente com a internet, podendo ser localizado nela por um endereço numérico (exemplo: 200.221.3.135) ou por uma URL (exemplo: www.folha.com.br). Sites sempre são hospedados em servidores.

Site

– Página ou coleção de páginas na World Wide Web.

Shareware

– Software que está disponível para download gratuito na internet, a fim de que as pessoas possam testá-lo –se alguém decide se tornar usuário do programa, deve pagar, mas não é obrigada a fazê-lo na fase de teste.

Spam

– Envio em massa de e-mails (geralmente de propaganda) não-solicitados. A palavra vem do nome de uma presuntada em lata vendida nos Estados Unidos.

Surfar

– O mesmo que "navegar".

Tag

– Palavra associada aos posts de blogs, fotos, vídeos e outros tipos de conteúdo na Web. O uso de tags facilita a busca e é uma forma mais flexível de classificação do que um conjunto pré-definido de categorias.

TCP/IP

– Abreviatura de Transmission Control Protocol/Internet Protocol. Conjunto de protocolos de comunicação que regulam o funcionamento básico da internet. É a "língua" que todos os computadores que estão ligados à internet usam para se comunicar.

Time spent on-line

– "Tempo de permanência" on-line. Medida da média de tempo que cada usuário gasta num site.

Unique visitor

– "Visitante único", em inglês. Medida que identifica quantas pessoas diferentes passam por um site.

Upload

– Enviar arquivo a outro computador ou site (ver download).

URL

– Abreviatura de Uniform Resource Locator, ou "localizador uniforme de recursos". Endereço que permite localizar um site na World Wide Web. O formato mais utilizado é www.nomedosite.com.br, onde www significa World Wide Web, seguido do nome do site ou empresa, de uma sigla que indica se o site é comercial (.com), não-lucrativo (.org), educacional (.edu) etc., e da sigla do nome do país (Brasil:.br). No caso dos EUA, não se usa a sigla de país.

WAP

Wireless Application Protocol, ou "protocolo de aplicações sem fio". Protocolo usado em telefones celulares para permitir a navegação em sites que possuem versões simplificadas de suas páginas, mais adequadas às telas dos telefones.

Webmaster

– Nos primeiros tempos da Web, era o profissional que cuidava de todos os aspectos de um site. Com o crescimento dos sites e a especialização de funções, o webmaster normalmente é quem programa as páginas em HTML.

Wi-Fi

– Vem de Wireless Fidelity. Tecnologia de rede que permite o acesso sem fio a internet e a comunicação entre computadores. É bastante usada em redes caseiras.

Wiki

– Site em que as páginas podem ser facilmente alteradas pelos visitantes. Usa convenções de formatação de texto que dispensam conhecimentos de HTML e que permitem a criação automática de links entre as páginas. A palavra vem da expressão "wiki wiki", que no idioma falado no Havaí significa "super-rápido".

 

Posted by email from Roberto Warken (posterous)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s