Afinal, a OI compou ou não comprou a Brasiltelecom?

Publicado: 10 janeiro, 2008 em Uncategorized

Oi já teria acertado compra da Brasil Telecom

 | 09.01.2008 | 20h55

Segundo o site da Veja, a Oi (ex-Telemar) vai pagar R$ 4,8 bi pelo controle da rival; empresas não comentam

if(ADM_glInv) { var ADM_dObj = new Date(), ADM_sCt, ADM_mSubmit = “”, ADM_tSubmit = “”; for(ADM_i=0; ADM_i0) { ADM_sCt = Math.round((ADM_dObj.getTime()-ADM_aO[ADM_i][2])/1000); if(ADM_sCt>ADM_aO[ADM_i][1]) ADM_sCt = ADM_aO[ADM_i][1]; if(ADM_sCt>0) { if(ADM_mSubmit!=””) ADM_mSubmit += “!”; ADM_mSubmit += new String(ADM_aO[ADM_i][0]); if(ADM_tSubmit!=””) ADM_tSubmit += “!”; ADM_tSubmit += new String(ADM_sCt); ADM_aO[ADM_i][3] = false;};};}; ADM_AdCtHolder.src = “http://nspmotion.com/adm_tc.aspx?m=”+ADM_mSubmit+”&t=”+ADM_tSubmit; for (ADM_iAdCt=0; ADM_iAdCt<10000; ADM_iAdCt++) { setTimeout(“”, 10000);}; };

EXAME 

A Oi (ex-Telemar) já acertou a compra do controle da Brasil Telecom por 4,8 bilhões de reais, segundo informa o blog do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja. As empresas não comentam a reportagem. Se confirmado, o negócio alteraria a estrutura societária das operadoras, que passariam a ser controladas por Andrade Gutierrez e pelo grupo La Fonte, de Carlos Jereissati. O fundo de private equity GP deve vender sua participação na Oi ao mesmo tempo em que o Citigroup sairia da Brasil Telecom.

Apesar do negócio já ter sido fechado, as duas operadoras vão esperar o governo modifique a lei do setor de telecomunicações que impede que operadora de uma área de concessão compre rival que opera em outra região. Segundo a Veja, entretanto, o governo deve alterar a legislação ainda neste mês, já que o Palácio do Planalto veria com bons olhos a criação de uma grande operadora de telefonia fixa com controle brasileiro.

Desde o ano passado, quando se intensificaram os rumores de fusão das duas operadoras, membros do governo, como o ministro Hélio Costa (Comunicações), já defendiam abertamente a mudança na legislação do setor. Costa chegou a defender que o governo tivesse poder de veto nas decisões da nova operadora, o que desagradou os sócios da Oi. A partir do acordo a Oi teria melhores condições para concorrer com os dois grupos gigantes das telecomunicações no Brasil: a espanhola Telefónica e a Claro/Embratel, controladas pelo mexicano Carlos Slim, o homem mais rico do mundo.

Os rumores de que a fusão estaria bem próxima voltaram a circular com força no início deste ano devido ao anúncio da Oi de que recompraria parte de suas ações que circulam no mercado. Além disso, surgiram boatos de que a Brasil Telecom também estaria estudando a pulverização de seu controle – o que facilitaria uma fusão. Nesta quarta-feira, antes da abertura do mercado, a Telemar divulgou uma nota em que afirmava que havia contratado um assessor externo para estudar possíveis aquisições. A empresa, entretanto, afirmou que não comentaria uma possível oferta pela Brasil Telecom.

A expectativa em relação ao negócio causou forte alta das ações das operadoras nos últimos dias. As ações preferenciais da Oi com maior liquidez (TNLP4) acumulam alta de 13,7% neste ano. Já as ordinárias (TNLP3) avançam 14,4%. As ações mais líquidas da Brasil Telecom (BRTP4) tiveram ganho de 8,7% no período.

var enviaAmigo = new EnviaAmigo();

______________________________
Obrigado por ler!
 
Roberto Warken,
http://www.warken.floripa.com.br
Quero entrar:
http://www.uvme.biz/406640RB 
http://bux.to/?r=robertowarken 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s